03/07/2015

Atrasado


Faz umas duas semanas mais ou menos que percebi que viciei nas músicas do grupo Clean Bandit, porque me peguei acessando todos os dias o YouTube, e procurando o canal deles e colocava a playlist de todas as músicas que eles tinham, e essa que postei aí em cima, se chama Stronger e é bem aquele tipo de música gostosa pra acordar ouvindo e começar o dia super bem.. super pra cima, sabe?! Tipo hoje:

Eu tinha uma entrevista de emprego marcada às 9h45. Eu acordei, graças ao despertador [louvado seja!] do celular às 8h, mas voltei a dormir "só mais cinco minutinhos". E ressuscitei de novo às 9h13. NOVE E TREZE! Sabe aquele mini ataque cardíaco que a gente morre de desespero quando acorda atrasado e dá um salto à la Daiane dos Santos da cama?! Foi bem isso que aconteceu, e por incrível que pareça, consegui bater um recorde mundial: em 10 minutos eu dei conta de escovar meus dentes, tomar um banho de gato, me trocar, beber um copo de leite, passar perfume e partir pra entrevista. Peguei um taxi [porque né.. em cima da hora..] e cheguei lá EXATAMENTE às 9h45.

A entrevista acabou por volta das 11h20. Na primeira parte, pediram pras pessoas [tinha mais gente lá pra essa mesma vaga] olharem três tirinhas relacionadas à mídias sociais e escrever um texto sobre. E depois disso, era a entrevista individual. Bem aquela cena típica de filme: uma sala de reuniões, seu currículo na mão do entrevistador, outra pessoa fazendo com uma caneta na mão fazendo algumas anotações numa folha, e você lá naquela pressão toda prestes a ter um treco. Mas juro que não fiquei nervoso, pelo contrário, me senti bem à vontade. Fui sincero em contar sobre minha vida e minhas experiências profissionais. Todas as perguntas que me fizeram, respondi como se estivesse conversando como um amigo, super de boa... E talvez tenha sido isso que fizeram eles se identificarem com meu perfil. No final da entrevista, me passaram um feedback que qualquer um gostaria de ouvir, como algo do tipo "você é a pessoa que eu preciso pra trabalhar aqui na agência". Me colocaram super pra cima... Lá nas nuvens! E como sou abusado, até pedi um lápis da agência [que estava num porta-lápis em cima da mesa] pra levar pra casa. E de resposta ouvi um "pode levar sim, e tomara que você volte pra usar mais lápis aqui da agência!". Meu, me segurei pra não sair da sala de reuniões saltitando e cantando "Because I'm Happy".

O único empecilho é justamente meu curso de Publicidade, que pelo fato de ser na federal, é no período matutino. E eles precisam de alguém pra período integral. Mas isso está sendo estudado tanto por eles quanto por mim. E quem sabe, talvez em breve eu apareça aqui no blog com alguma novidade sobre isso, né! #torcendo

O lápis que trouxe de lembrança pra casa ♥

Nenhum comentário: