10/08/2014

Dia dos Pais


Hoje, domingo de Dia dos Pais, fui pro sítio passar o dia com meu velho, com a família toda reunida, jogando conversa fora e pra variar, rindo.. Meu pai ganhou cachaça, roupa, perfume e chapéu de presente.

Aproveitamos a tarde pra testar uma máquina nova doida lá, que meu cunhado comprou, que passa veneno, espalha semente, e limpa as folhas do quintal. Do falta fazer comida aquele treco doido lá..

Ah, agora tem uma arara amarela [canindé] lá, a coisa mais linda, que está machucada e fica num pé de goiaba, próxima da casa.. Ainda não está dócil, e não sei porque mas morro de medo de levar uma bicada de arara/louro/papagaio, que não chego muito perto por receio.

E pra fechar o dia com chave de ouro, hoje ficamos próximo a represa, vendo o surgimento da Super Lua! Dizem que hoje aconteceu aquele fenômeno que a lua fica maior por estar mais próxima da Terra, e mais iluminada também, e quando ela começou a aparecer, ficamos até assustados com o tamanho que ela estava, no horizonte. Ela foi subindo numa velocidade que eu fiquei de boca aberta, e o burro aqui esqueceu de levar a câmera profissional pra tirar foto, e fiquei com preguiça de buscar o iPhone pra tirar a foto da super lua quando ela estava imensa. 

E agora na hora de voltar pra casa, dava até pra desligar o farol da caminhonete, que a gente conseguia enxergar perfeitamente a estrada com a claridade da lua, parecia de dia! Incrível! E dessa vez, não vi ovni nenhum.. Luz nenhuma também..

Beijão [iluminado] do Marcos!
Postado via iPhone 

Nenhum comentário: