28/10/2013

Sonho do Enem

Ai meu Deus do céu. Estou aflito, com o coração disparado, com uma alegria que não cabe em mim e preciso desabafar com alguém, mas essa não é a hora certa ainda. Por isso, estou escrevendo aqui no blog hoje (28/10 - segunda-feira) e não vou postar nada ainda (pelo menos por enquanto). É que eu penso que quando nossa felicidade é exagerada demais (como no meu caso), a inveja das pessoas, mesmo que involuntariamente, acabam transformando esse sentimento de felicidade alheia, o seu oposto.

E o motivo dessa felicidade toda foi o ENEM - Exame Nacional do Ensino Médio. O nome é "Ensino Médio", mas gosto de deixar bem claro que termino minha faculdade (lê-se Ensino Superior) no final do ano! E fiz o ENEM exatamente pra começar outra faculdade - porque não é segredo pra ninguém que eu O-D-E-I-O contabilidade - que é o meu tão sonhado curso de Publicidade e Propaganda!!! 

No sábado, que foi o primeiro dia de prova, era filosofia, biologia, química, física e o caraio a quatro, fui na média.. Acertei um pouco mais de 40% da prova.. Até aí tudo bem. Mas acontece que na prova de ontem (domingo), eu fui muito bem na primeira parte, que é Linguagens, Códigos e suas Tecnologias (também conhecido como português, inglês e o caraio a quatro). A segunda parte, que é Matemática, eu até pensei que tivesse ido bem, já que as contas que eu perdi meu tempo fazendo batiam com as alternativas das questões. E na hora de corrigir a maldita prova com o gabarito extra-oficial que saiu no G1 (que é feito por cursinhos) vi que a maioria das contas que eu fiz estavam erradas. Fiquei revoltado quando via que meus PRECIOSOS cálculos e meus também os chutes foram por água abaixo. Em matemática, acertei 12.

Agora que vem o ápice da minha felicidade (sempre quis usar a palavra ápice antes. Tô me sentindo chique e culto kkkkkk). Hoje, antes de vir atrasado para o trabalho, meus pais foram lá em casa.. Conversamos um pouco e me atrasei mais ainda e perguntaram como eu tinha ido no ENEM. Falei que tinha ido muito bem no português, mas que em matemática a coisa tava feia.. Papo vai, papo vem, caímos no assunto do ano que vem eu fazer outra faculdade. E minha mãe, como sempre engraçadinha começou com aquele jeito irônico de falar:
- Nooooossa. Então ano que vem você vai embora daqui?
- Claro que vou!
- Eu não tava sabendo.. Vai pra onde?
- Se eu passar em Cuiabá já to feliz demais.
- E você vai se bancar lá?
- Eu me viro, vou ter que dar um jeito de me sustentar!
- Hummmmmm poderoso
- Você acha que se eu passar numa federal eu vou deixar de estudar? Nunca!!
(Aí a porra ficou séria, e a ironia acabou)
- Ah, assim sim
- Você ta pensando que eu quero fazer outra particular, tá loca?
- Ahhhhh, na federal tudo bem. Até te ajudo se for o caso.
- Ram!

PRONTO. MINHA FELICIDADE É DO TAMANHO DO MUNDO. Além da minha mãe concordar e teoricamente deixar eu fazer faculdade em outra cidade (mesmo que ela não deixasse, eu iria, nem que fosse preciso virar Bruno Surfistinho, porque Y SOY REBELDE), ela vai me ajudar R$R$R$R$R$R$R$. *____*

Bem, é isso. O gabarito oficial sai só quarta-feira, mas estou bem otimista. E o sistema pra inscrição nas faculdades deve começar por volta de dezembro ou janeiro.. Até lá, esse post não será publicado e vai ficar só no "rascunho" do blog. Será menos constrangedor simplesmente apagar o rascunho caso eu não passe e ninguém nuca ficar sabendo dessa postagem e dessa minha felicidade aguda, do que ter que fazer um post humilhante dizendo que não fui aprovado na UFMT né.

Então meu desejo a partir de agora mais que tudo, é a super vontade de ser aprovado em Publicidade e Propaganda na UFMT em Cuiabá, e se Deus quiser trabalhar numa agência de publicidade super fodástica (lê-se ZF Comunicação, que é uma Google da vida, pra mim). Aí pronto, estarei realizado. ♥

Fiquei até famoso no twitter ontem, pelos retweets que usei num post com aquelas hashtags super engraçadas que só os estudantes que fizeram o Enem entendem, #AprendiNoEnem:

Nenhum comentário: