22/11/2013

Como formar novos leitores?


Veja o comentário feito pela Sandy, ao ser questionada em 2009, sobre como formar novos leitores no Brasil. Faço de suas palavras, as minhas. Literatura hoje, é vista como desinteressante.

"Quem sou eu para opinar sobre isso? Mas considero que a literatura deveria ser introduzida já pelos pais, na primeira infância, com historinhas infantis, de ninar. Na escola, acho que a leitura deveria ser trabalhada com parcimônia, começando pelo que é mais acessível (no quesito linguagem) e mais interessante para cada faixa etária, aumentando, gradualmente, o nível de dificuldade, para não assustar ou causar “traumas” nas crianças e jovens ― o que é algo que vi acontecer na minha geração e percebo nas gerações mais novas também ―, e tendo sempre a preocupação com a interpretação do texto. Muita gente acha que ler é “chato” simplesmente porque não consegue extrair o sentido daquela seqüência de palavras (não teve essa educação ao longo de sua formação), e porque não tem paciência para ficar parado com o livro nas mãos (por não ter adquirido o hábito, penso). (...) mesmo que apenas por prazer e entretenimento, a literatura é capaz de ampliar a nossa cultura, de nos colocar em contato com a língua, de ensinar, de mudar alguns paradigmas sobre a vida, o mundo, as pessoas e até sobre nós mesmos."

Fonte: Gazeta do Povo: Rascunho, O jornal de literatura do Brasil
Foto: Euge de la Peña

Nenhum comentário: