20/02/2010

Filosofia. Importância, desafios e perspectivas

Hoje, fiz meu texto pro trabalho de filosofia. vou ter que postar ele aqui, porque até eu me surpreendi na minha colocação da filosofia. usei umas palavras bonitas! isso é influência da editora, o meu patrão, Agostinho Bizinoto, escreve super bem! quero ser igual ele quando eu crescer! então, aí vai o meu texto.

Filosofia. Importância, desafios e perspectivas
por Marcos Pereira

A Filosofia, que teve sua origem em meados do século VI a.C. é importante para todos da sociedade, porque aborda todos os assuntos, de todas as coisas, não importando a classe social, a cor, a orientação sexual ou qualquer coisa que diferencie uma pessoa da outra. A Filosofia é igual para todos, no modo de vista do pensar, o que diferencia é o modo de pensamento, como as questões são as filosofadas. A filosofia é algo que nos faz pensar e repensar sobre as coisas, porque é a busca contínua na formação de idéias e conclusões que faz com que nossa consciência tenha uma visão crítica de determinada coisa.


A filosofia nos faz questionar sobre tudo que nos abrange em todas as áreas, sejam elas culturais, sociais, econômicas ou políticas. Ela nos faz obter uma constante busca de conhecimento, gerado de perguntas, que nos faz ter uma noção caso alguma coisa esteja errada no nosso ponto de vista e, nos faz criar opiniões próprias, baseadas na nossa maneira de pensar.

O desafio da Filosofia é conseguir fazer a própria Filosofia ser estudada. Pois ela abrange várias áreas distintas e complexas. Existem vários tipos e causas dentro da matéria, o que nos obriga a questionar mais para compreender as idéias e visões dos antigos filósofos – ou atuais. Outro desafio da filosofia é buscar respostas às perguntas que nos fazemos e que nem sempre conseguimos um resultado que nos convença totalmente. Já que a filosofia faz uma encadeação de perguntas.

Um exemplo de uma diferença no modo de pensamento de culturas seria, as pessoas mais antigas relacionados às pessoas mais jovens. Onde pensamentos que antigamente eram como se fossem “regras” para pensar, hoje em dia não fazem mais sentido, mas que mesmo assim deveremos saber respeitar as diferenças de pensamento que os mais velhos tinham (ou ainda tem), pois eles têm uma formação de filosofia muito diferente da atual. Isso ocorre devido à forma de pensar, que muda constantemente.

Nenhum comentário: