16/03/2008

Festa do Marcos e da Rafah (!)

festa do marcos e da rafah - dia 15/03

Tudo começou com uma idéia de fazer uma comemoração do aniversário da rafah, da loira e meu - juntos - mas a loira nao concordou em fazer a comemoração e fez a festinha dela sozinha.
Semanas planejando fazer a tal comemoração.. e a tal comemoração se transformou numa FESTA! Uma noite no msn, eu conversando com a rafah no msn, e ja fui fazendo os convites pra festa, o orçamento, lista de convidados e decidi o horário da festa (20:30h).. Nesse mesmo dia, espalhei os convites no orkut e no msn, onde cada convidado contribuiria com cinco reais.
Faltando duas semanas pra festa (que foi num sábado) eu saí de tarde, e fui nas lojas de festa fazer o orçamento da nossa festa. Nesse dia nós só tinhamos dez reais pra fazer a festa, então eu decidi ir cobrando na casa dos convidados. E foi isso que eu fiz.
Na semana da festa, aquela correria atrás de tudo.. pra ser uma festa organizada e tal.. E cada dia que passava, mais e mais gente me pedia o convite.
Até que chegou a 'grande noite', de manhã, aquela correria pra arrumar a casa, enfeitar, arrumar as mesas, deixar as comidas no jeito.. e de noite a mesma coisa: CORRERIA.
Cheguei na festa 20:40h aproximadamente, e já tinha gente esperando na frente da casa, pra entrar na festa. Quando eu vi aquelas pessoas, me deu uma sensação estranha, ao mesmo tempo que eu estava feliz por ter visto aquelas pessoas presente na minha festa.. eu desanimei por causa da fraca chuva que caía, e porque nao estava 100% pronta a festa.
Desci da moto o mais rápido possivel, e fui ajudando no que eu podia. Pronto. Estava tudo pronto, então eu fui chamar as pessoas que estavam na frente da casa, pra entrarem. Chamei uma vez. Chamei duas vezes. Chamei três vezes e virei as costas. Lá no fundo (onde era a festa) eu fui ligando o som, arrumando os ingredientes pra batidinha e desesperado por ficar pensando se estava faltando algo na festa.
Derrepente, quando eu dei por mim, percebi que a festa estava lotada.. tinha muita gente não convidada, (que pra mim, não fez diferença nenhuma, porque eles foram embora bem cedo) tinha gente se fingindo de bebado, tinha gente vomitando, tinha gente dançando, tinha gente conversando, gente chorando, gente com dor de barriga, gente rindo, gente com fome, gente no pula pula, e gente na frente da casa. ¬¬
Durante a festa, eu fui recebendo os convidados e pedindo para que eles fossem la pro fundo, e ninguém ia. Nessa hora eu fiquei com uma raiva!! Deu vontade de mandar todo mundo embora, vontade de sumir da festa.. Simplismente virei as costas e fui curtir a minha festa!
Sentei na mesa com uns amigos, conversei um pouco, e quando penso que não.. tinha gente me chamando pra pedir as coisas (coisas = batidinha, remédio pra tal 'bêbada', comida, bolo..).
No meio da festa, eu parei; respirei e pensei 'vou curtir a MINHA festa!' e foi isso que eu fiz! Dexei os convidados de lado, e fui dançar!
Quando me dou por conta, vejo um camburão da polícia em frente da casa onde estava acontecendo a festa! Por mais que vocês pensem que eu fiquei com medo, eu não estava.. Eu estava MUITO tranquilo, e fui caminhando até o portão, onde eu vejo praticamente todos os convidados la fora, em volta do carro da policia. Perguntei pra alguém o que estava acontecendo, e me responderam que a policia apareceu na festa, pra pedir que abaixasse o som, porque estava encomodando os vizinhos. Então a policia foi embora, e eu decidi que já estava tarde demais, e já era mais do que na hora de cortar o bolo!
Essa foi a parte que eu mais me decepcionei: a hora do bolo!
Saí com um monte chapéuzinho distribuindo pros convidados, e chamei-os para cantar o parabéns. Ninguém ia. Fiquei com raiva, e meio emburrado, mais continuei chamando as pessoas.. até que algumas pessoas estavam perto da mesa do bolo. Então acendi as velas, e alguém começou cantar os parabens. Todos começaram cantar, e derrepente as vozes foram sumindo.. e eu com uma cara de bunda, olhando pra rafah, e fazendo pose para as fotos. Todos da festa olharam pra gente, mas não cantaram um parabens animado, foi um parabéns que parecia que era um funeral, e não um aniversario. Eu olhei pra rafaela, e perguntei onde estava a faca do bolo, ela olhou pra mim e fez uma cara de assustada. Pedi para um monte de gente buscar a faca, mas ninguém foi. O que me deixou indignado, foi que a aniversariante teve que buscar a faca. E eu impaciente, ficava gritando: 'traz a faca!' Aproximadamente dois minutos depois, apareceu a faca, e enquando isso o pessoal olhando para o bolo, como famintos. A faca chegou, e ninguém nem quis saber do tal 'primeiro pedaço do bolo', e eu dei pra minha amiga, porque ela estava do meu lado. Me deu vontade de chorar e sair xingando TODOS daquela festa. Enfim, fui servindo as pessoas e aos poucos as horas passavam e os convidados indo embora.
- Cansei! - foi o que eu disse, e então sentei na mesa, com a bandeja do bolo próxima a mim e fui conversando com as pessoas que estavam presentes na mesa. Aquela hora, eu nem lembrava dos demais convidados, pra mim a festa estava começando aquela hora! Chamei todo mundo da mesa pra irmos no pula pula; e lá fomos nós!
Cansamos, suamos de tanto pular.. e eu tive a idéia de entrarmos na piscina!
Foi a melhor coisa que podia acontecer na festa!
Uma coisa que parecia impossivel, virou realidade: eu me divertindo na festa!
Eu ria, conversava, pulava, gritava, tirava foto..!
A hora passou que eu nem vi. Então saímos da piscina e fomos comer o que ainda sobrava do bolo. Quando eu olho pro portão e não vejo mais quase ninguém. Senti uma sensação de alívio! Fomos novamente pro pula pula, e depois as pessoas que estavam comigo na mesa foram embora! :/
Respirei fundo, e naquela hora, toda a raiva que eu havia passado na festa, tinha ido embora!
Vim pra minha casa às 5:00h; nem tomei banho então eu rezei e fui dormir. Quando eu acordei, refleti sobre a festa e cheguei à uma conclusão:
Não adianta querer fazer uma super festa, com bastante refrigerante, comida, mesas.. Ninguém nem ligou pra isso. Todos estavam la no portão se divertindo fazendo nao sei o que! E eu não me importo com isso, porque eu me diverti MUITO³ no fim da festa, com meus amigos (amigos que eu conheço há pouco tempo)!

Apesar da 'raiva'; eu digo que a minha festa valeu a pena, apesar de não ter saído como eu planejava.
Neste momento eu estou cansado, porque fui na casa onde teve a festa, com a intenção de arrumar a 'bagunça' do dia anterior.. Mas cheguei la, e fui pro pula pula e pra piscina.
Vou dormir, pra recarregar minhas baterias ;)
Um super OBRIGADO à Rafaela, Vanessa, Patrícia, Elenor e Léo, por fazerem a minha festa valer a pena!!
um grande abraço à todos :*

2 comentários:

Kalar disse...

This comment has been removed because it linked to malicious content. Learn more.

Anônimo disse...

\o/ Festaaaa..
nois ki faz a festaaa..
hsuahsu
pula pula bolo piscina i fotenhass..
é cum noiss..
amei u ki vc escreveu nesse pikininuh textO.. hsuahs
i é eu ki agradeço por deixar a gnt dividir essas loucuras com vc..
nuss mtu bom kraa..
qndo kiser é so xamaa..
parabenss di novinhuu..

bjuh
Vanessaaa =)