18/09/2015

Trabalho


Dando uma geral aqui no PC, encontrei cada foto e cada vídeo que só por Deus! E essa, me chamou atenção, porque era um trabalho de Introdução ao Design, do professor Javier, onde cada um deveria usar recortes de revistas, com o intuito de explicar por meio da montagem, o que você esperava pra sua profissão.

Eu logo colei um tio de óculos com salientes entradas na cabeça iguais a minha, de terno e com um sorriso enorme estampado na cara e um crachá de smile, que é pra me representar como profissional: uma publicitário sério e feliz da vida. Lotei de marcas de empresas conhecidas ao redor de mim, primeiro porque trabalhar com publicidade envolve isso, seja pra trabalhar diretamente com grandes empresas, ou para que elas nos sirvam de inspiração, e também porque quero ser reconhecido profissionalmente por grandes corporações. Deixei umas palavras aleatórias como 'surpreender, diversões, inédito, sucesso' como palavras-chave na minha profissão. O Marcelo Adnet foi usado duas vezes que é pra reforçar que quero ser uma pessoa contente e feliz com minha vida (ah, e ele também sofre de um TOC que eu tenho: arrancar sobrancelhas). Tem um mapa mundi e um relógio de Londres, porque eu ainda tenho que realizar meu sonho de viajar pro exterior. Ah, e  também coloquei um iPhone, porque né..

Acho que nunca tinha explicado esse trabalho pra ninguém. E como o semestre acabou e eu não busquei minha pasta de materiais com o professor, é muito provável que eu nunca mais encontre esse job. Fim. 

30/08/2015

Meu portfólio

Achei legal disponibilizar meu portfólio na web. Fica mais fácil quando as empresas pedem pra enviar, e a apresentação fica mais amigável, em formato de 'vira-página'. O arquivo é basicamente o meu blog resumido em duas páginas, que você pode acessar clicando na imagem abaixo! ;)

Portfólio | Marcos Pereira
Portfólio | Marcos Pereira

11/07/2015

Epa!


Eu não falei que essa semana eu traria novidades quanto a minha vida profissional aqui em Cuiabá? Pois é, eu fui chamado por uma agência de publicidade pra trabalhar como Social Media. Minha empolgação estava a 300%, mas tive uma experiência extremamente desagradável lá. E pra não falar mais do que devo, digamos que houve um *ruído* na comunicação ao me falarem que vaga de trabalho era minha. E quando cheguei pra trabalhar, em plena manhã de uma terça-feira às 8 horas, eu tive uma surpresa bem desagradável ao descobrir que eu estava participando de um 'reality show' com mais uma pessoa, onde quem completasse as provas ganharia 'o prêmio', que neste caso, era o emprego.

Logo de cara, quando soube dessa palhaçada condição, broxei legaaaaaal. Fiquei meio abobado com o que eu tinha ouvido, mas fiz as tarefas sem contestar. Tanto que terminei tudo 3 horas antes de encerrar o expediente. E na hora de ir embora, conversando com minha 'companheira de paredão', broxei de vez! Descobri que eu fui enganado pela agência eu não me encaixaria de jeito nenhum no perfil ético da empresa.

Na parte da noite, liguei pra minha mãe e expliquei toda a situação *hilária* (pra não dizer ridícula), e ouvi um 'vaza dessa agência fundo de quintal, Marcos!'. E foi o que eu fiz.. Fui até a agência na manhã seguinte, chamei os proprietários para ter uma conversa 'no confessionário' e expliquei que eu estava deixando o 'programa' porque me senti enganado e não gostei da postura empresarial deles. Fim de papo, e a vida continua. Só espero do fundo do meu coração, que as demais agências de publicidade aqui de Cuiabá não sejam escrotas desse jeito, porque se forem, garanto a vocês que em 2018, depois de me formar, abro minha própria agência de publicidade pra não ser obrigado a trabalhar pra gente assim.

Experiência é sempre bem vinda, e a gente tem que saber filtrar a lição que fica, né. O que eu pude tirar disso, foram duas lições importantes: 1) que nem sempre, quando você é honesto com os outros eles serão com você; 2) quando a esmola é demais, o santo desconfia.

10/07/2015

Human Nature



Navegando despirocadamente aqui pelo YouTube nosso de cada dia (e isso me faz lembrar que não sinto um pingo de saudade da internet horrível de Alta Floresta), acabei caindo sem querer querendo nas músicas do lendário Rei do Pop, Michael Jackson, mais especificamente na música Human Nature. E o mais incrível era que eu me assustei porque sabia cantar a música inteira (só lembrando que eu não sou aquele fã número um do MJ, mas curto muitas músicas dele, tipo aquela com o Justin Timberlake que foi gravada depois que ele morreu Love Never Felt So Good).

Aí fui procurar ela pra fazer aquele download básico pra adicionar na playlist do celular, e aí achei a origem de eu saber a letra da música! É que a Rainha Brasileira do Axé, Ivete Sangalo, gravou essa música no dvd Ivete Sangalo 20 anos (mó rico, gravado lá no Madison Square Garden), e que eu tenho e ouvia 300 vezes por dia, principalmente no começo do ano que estive lá em Alta Floresta e deixei ele no carro dos meus pais. Era Ivete tocando na hora de ir pra cidade, andando pelas ruas, e voltando pro sítio. Decorei até as falas dela com o público, a parte que ela fica emocionada, erra a letra e chora.. Sei tudo! E aí a resposta de onde conheço. ♥

Human Nature - Michael Jackson

Looking out
Across the night time
The city winks a sleepless eye
Hear her voice
Shake my window
Sweet seducing sighs

Get me out
Into the night time
Four walls won't hold me tonight
If this town
Is just an apple
Then let me take a bite

If they say --
Why, why, tell 'em that it's human nature
Why, why, does he do me that way
If they say --
Why, why, tell 'em that it's human nature
Why, why does he do me that way

(...)

09/07/2015

Desafio Renault Experience 2015


Taca-le pau nesse prêmio, Marco Veio! Hahahaha Tô fazendo o planejamento de uma campanha pro Desafio Renault Experience 2015, que nada mais é do que um prêmio organizado pela Renault para estudantes das áreas de engenharia, design, comunicação e negócios, que inscrevem seus projetos no site deles para concorrerem nacionalmente com projetos de demais alunos de diversas universidades espalhadas pelo Brasil, e de quebra disputarem os prêmios, que vão de R$2.500 a uma viagem pra França. Ou ainda ter seu projeto executado pela Renault!

Cheguei a ver na semana passada, um blog de um garoto que contou que participou do prêmio na edição de 2014 na categoria design, ganhou em primeiro lugar e ainda foi chamado pra trabalhar no setor de design da indústria da Renault. PODRE NÉ? [Achei o site dele, só clicar aqui pra ver. Tá tudo em inglês, já aviso]

E esse ano, soube da existência desse prêmio, liguei no 220 minha empolgação aqui e fui correndo fazer minha inscrição no site deles. Li o regulamento todinho, fiz o download dos arquivos que precisavam, e na hora de efetuar a inscrição, a UFMT não estava cadastrada como universidade participante. Fiquei triste, mas não desanimei, não! Encaminhei um e-mail pra eles e perguntei sobre a UFMT, já que ela possui o curso de Comunicação [meu interesse]. Dias depois, recebi um e-mail de resposta dizendo que eles haviam cadastrado a universidade e eu já poderia fazer minha inscrição. Pronto, a empolgação ressurgiu das cinzas e voltou a mil, e parti procurar meu professor pra convidá-lo a ser meu orientador (porque é um requisito do desafio). E eu convidei ninguém mais, ninguém menos, que meu professor Pedro Pinto, que dá aula de Teoria da Comunicação II, e que desde a primeira aula sou um super admirador! Seja por ele decorar o nome de todos os alunos em 1 semana, ou encher a aula de exemplos práticos (que eu sempre faço questão de pedir), ou pelo fato dele ter sido Secretário de Comunicação do Estado de Mato Grosso e também Diretor da TVCA!! Pois eu mandei um e-mail pra ele, apresentei o prêmio e o convidei. Marcamos uma conversa pessoalmente, onde ele disse que iríamos trabalhar muito bem já que eu havia "vendido" pra ele a ideia do prêmio, e que visitar Paris não seria uma má ideia.

E ai que estamos há mais de um mês trabalhando na campanha, trocando e-mails com ideias, sugestões, comentários e orientações pra fazer alguns ajustes e deixá-la ainda melhor. Tá dando um certo [grande] trabalho, mas tenho certeza de que vai valer a pena. Espero e acredito [de verdade!] que nossa campanha ficará entre as 3 selecionadas do Brasil. Já vou começar a fazer minhas promessas aqui.. E se Deus quiser, partiu Paris! 😍✈️🇫🇷